Luzes da Cidade

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Brigadeiro

Não brigue comigo baby
não ligue se eu fizer muita bagunça
muita sujeira
prometo que depois eu limpo
deixo um brinco
e liso o pelo cinza de um bom bril
não brigue comigo baby
hoje eu vou fazer o brigadeiro
me derreter inteiro por você
relaxa espere a tacha de chocolate
depois coma saboreie qual uma criança gulosa
deixa eu ser prosa e poesia
nesse eventual momento avental
deixa eu ser o papel brilhante
da embalagem desse instante


Carlos Gutierrez

Nenhum comentário:

Salve