Luzes da Cidade

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Flerte

a ponte
real
de ferro
ou qualquer outro
resistente metal
a ponte
sob outra ponte
invisível
a quase tudo
escudo
mas não aos olhos
de amantes
diamantes
que no silêncio
confessam tudo
a ponte real
sobre o rio
e as suas correntes
e os seus peixes
e os seus feixes de luzes
a ponte do olhar
sobre a fonte
generosa
que aceita
todas as pedras de desejos
lançadas sobre ela
a ponte
que avista o mar
dentro de um olhar
de dois amantes
a ponte real
que ficou
esquecida
calada
apenas como base
alicerce
de outra que não obedece
os limites
e flerta com o infinito

Carlos Gutierrez


Nenhum comentário:

Salve