Luzes da Cidade

sábado, 12 de fevereiro de 2011

One More Cup of Coffee

Tradução livre de uma canção de Bob Dylan


Uma xícara de porcelana
sobre um pires compreenssivo
aguarda o jorro
do precioso líquido
- ouro negro e tão aromático -
Um café expresso
espêsso encorpado sintomático
ca paz de despertar todos os sentidos


Hoje eu quero pass ar a noite inteira sem dormir
em claro sob a luz tranquila do chapéu da sua lembrança
de vígilia voluntária
O meu corpo está bem descansado
Quero inverter e subverter
o tempo e natureza
pela fuga do cotidiano...


Eu quero ser o sonho dos meus sonhos
que encontre as chaves dos encantos
e afronte o que antes era labirinto
ou um irritante cubo mágico

Hoje eu quero ser o espantalho dos pesadelos
furar com os meus olhos de fogo
os travesseiros e liberar
os flocos de espuma abafados
Quero lhe abraçar com os meus dedos
de unhas riscantes
supunhas arames farpados
e cercar todos os seus lados...


e rasgar a seda dos meus desejos concentrados
e lhe oferecer uma xícara de café
sem derranar uma gota sequer cafeína
rubiácea sobre o refil da sua pele
que se prepara para receber
tudo que eu posso ser
no moer e remoer
do meu ainda viver... 


Me destila e sinta prazer
como as papilas da minha língua
sentem ao lhe ver

Hoje eu quero ver o seu lindo rosto refletido
no fundo de uma xícara de porcelana
na borra do café que forma a figura de um destino

Carlos Gutierrez

Um comentário:

L. disse...

Não tem o que dizer de Bob Dylan.
Ícone, poeta, e um deus da música.
Muito bom.

Salve