Luzes da Cidade

domingo, 9 de novembro de 2008

Desencanto

Barlaventus - Fernanda Rodante
Um dia...em seu caminho...surgiu um vulto...
Surgiu um vulto...em seu caminho...para o seu espanto...
trouxe todos os versos do mundo
e todas as flores da terra...
e você não teve como contê-los
foram tantos tantos apelos
que o próprio silencio se fez canto
celebrando todo o encanto do encontro
com a magia que envolve dois seres estranhos
Um dia eu fui o seu encanto...mas ele passou...
como passa a brisa..
varrida pelo vento
hoje ele resvala o seu lindo rosto
e você arruma os cabelos.

Nenhum comentário:

Salve