Luzes da Cidade

quarta-feira, 30 de março de 2011

FRIDA

FRIDA
QUERIDA
CÁLIDA NA DOR
GRITANTE NAS CORES
CONTRASTANTES
FRIDA
EXPÕE AS SUAS FERIDAS
NAS TELAS
E SE INFILTRA NOS MUROS DE RIVERA
FRIDA FRICCIONA
A REALIDADE
E IMPÕE A SUA FICÇÃO
E LIBERA A SUA FERA
MESMO AMORDAÇADA
OU ABRAÇADA
MASSACRADA
POR APARELHOS ORTOPÉDICOS
FRIDA MULHER
FRIDA MENINA
DESPEJANDO TINAS E BISNAGAS DE TINTAS
SOBRE SOMBREIROS DO QUE PODE SOBRAR
DE UM MÉXICO
FRIDA E SEU LEXICOR




Carlos Gutierrez



 

Nenhum comentário:

Salve