Luzes da Cidade

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Preliminares

Como eu posso despertar o seu interesse
talvez um "punch line" eu recorresse
bem do jeito Woody Allen
ou algo mais ameno
o divã de Lacan
o olhar paciente de Freud
uma reminiscência
sem consequência
um sonho mal acordado
ou elogiar simplesmente a sua rosa lingerie
que caí do seu corpo sutilmente
e faz o meu derreter
como maria mole mergulhada
n'um caldo de cerejas
ou colocar na vitrola
um vinil que ficou refém do silencio
por longo tempo
e quer novamente cantar
mesmo com a voz embargada?
Como eu posso despertar o seu interesse
forjar a queda do copo de conhaque
em seu corpo
e enfim usar o inédito lenço de seda
com um timoneiro ainda sem rumo
nele gravado
para enxugar o encosto protuberante
dos meus sonhos delirantes
Medo crônico!
Irônico nem conhecer mais
os meus próprios dedos
Sentir que eles têm tanto medo de tocá-la
como se fôsse um vaso de porcelana chinesa?
Bem mas vamos às preliminares
e que não sejam as previsíveis
e sim as mais impossíveis e insólitas
algo que jamais possa se esquecer
Trocar os meus lábios pelos meus olhos
mesclar os sentidos
Amar o próprio vestido
estatelado no chão
Recuperar o batom da sua boca
Reacender a lanterna perdida da infância
Tirar o seu espartilho
mais rápido que o gatilho de Django
tal qual uma criança que abre um presente
e se esfarela feito biju de tão contente
Seguir a trilha das suas pintas e sardas
- cartografia intíma da sua pele -
e o rumor do tambor do seu coração
- renovada canção que jamais esquece e trapaceia a sua letra -
Microscopiar todas as suas sutilezas
para enfim escorpionizar as suas profundezas!


Carlos Gutierrez

Um comentário:

Lindinha disse...

Guty,muito sensual...rsrsrs
Não tenho palavras,mas amei como tudo
que vc escreve...Vc tem um dom maravilhoso e sabe disso.Eu sou muito crítica,faz parte do meu próprio sígno rsrsrs.Mas é tudo muito lindo!!Bjs!

Salve