Luzes da Cidade

domingo, 21 de setembro de 2008

Roda Gigante

foto de Karen
Lembro!
quando eu era
criança,
eu não sentia
medo da Roda Gigante!





ela era apenas um brinquedo


maior que todos os outros


parecia que tocava o céu.


Eu ia no Parque Xangai


com a minha tia


e, só sentia um frio na barriga,


quando a roda gigante


parava lá em cima


e a cadeirinha onde eu estava sentado


balançava!


Quando eu era criança não tinha medo


de quase nada!


Os receios, recalques e freios


nasceram na puberdade!


e aí eu só tinha coragem


de ver a imponente roda gigante


de baixo em terra firme e covarde!


2 comentários:

Laura disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Laura disse...

Encantada e emocionada,quanta singeleza e pureza no bom uso que fazes da palavra,privilégio de poucos...Namastê nobre poeta.

Salve