Luzes da Cidade

domingo, 10 de janeiro de 2010

Invejoso


Invejoso
Arnaldo Antunes / Liminha

o carro do vizinho é muito mais possante
e aquela mulher dele é tão interessante
por isso ele parece muito mais potente
sua casa foi pintada recentemente

e quando encontra o seu colega de trabalho
só pensa em quanto deve ser o seu salário
queria ter a secretária do patrão
mas sua conta bancária já chegou no chão

na hora do almoço vai pra lanchonete
tomar seu copo dágua e comer um croquete
enquanto imagina aquele rstaurante
aonde os outros devem estar nesse instante

invejoso
querer o que é dos outros é o seu gozo
e fica remoendo até o osso
mas sua fruta só lhe dá caroço

invejoso
o bem alheio é o seu desgosto
queria um palácio suntuoso
mas acabou no fundo desse poço

depois você caminha até a academia
sem automóvel e também sem companhia
queria ter o corpo um pouco mais sarado
como aquele rapaz que malha do seu lado

e se envergonha de sua própria namorada
achando que os amigos vão fazer piada
queria uma mulher daquelas da revista
uma aeromoça, uma recepcionista

e quando chega em casa e liga a tevê
vê tanta gente mais feliz do que você
apaga a luz na cama e antes de dormir
fica pensando o que fazer pra conseguir

o que é dos outros
querer o que é dos outros é o seu gozo
e fica remoendo até o osso
a sua fruta só lhe dá caroço

invejoso
o bem alheio é o seu desgosto
queria um palácio suntuoso
mas acabou no fundo desse poço

© Rosa Celeste Editora (Universal) / Warner Chappell


Nenhum comentário:

Salve