Luzes da Cidade

sábado, 27 de fevereiro de 2010

Desperado ( Tradução)

Desperado


Fora da lei, por que você não cai em si?
Você vem construindo barreiras por tanto tempo
Ah você é difícil de lhe dar
Mas eu sei que você tem seus motivos
Essas coisas que lhe agradam podem de algum jeito te ferir
Não tire a Dama de Ouros, cara
Ela vai te derrotar se ela puder
Você sabe que a Dama de Copas é sempre sua melhor aposta
Agora me parece que algumas coisas boas estão dispostas em sua mesa
Mas você só quer aquela que não pode ter
Fora da lei, você não está ficando mais jovem
Sua dor e sua ambição estão te levando pra casa
Liberdade, ah a liberdade, são apenas as pessoas falando
Você é um prisioneiro andando por esse mundo sozinho
Você não sente esfriar no inverno?
O céu não vai nevar e o sol não vai brilhar
É difícil distinguir a noite do dia
Você está perdendo todos os seus altos e baixos
Não é engraçado como o sentimento vai embora?
Fora da lei, por que você não cai em si?
Desfaz as barreiras e abre a porta
Pode estar chovendo, mas há um arco-íris acima de você
Melhor você deixar alguém te amar...
Melhor você deixar alguém te amar antes que seja tarde demais


Rebeca Simas Figueirêdo

Um comentário:

Rebeca Simas disse...

Ah Carlos, que surpresa BOA! É uma honra ter meu site recomendado aqui no seu espaço. Prazer igualmente!

Salve