Luzes da Cidade

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Passos e Percalços

talvez eu seja a flor dos seus sonhos
despetalada em desejos proibidos
inibidos de espressar o que sinto!!!
jamais iriam me entender
tenho que me precaver...
me esconder e usar esse disfarçe...
essa capa escura
para ir à sua procura
des´rovida de qualquer armadura
tento alimentar-me apenas de ilusões,
reflexos de desejos ousados
jamais concretizados!
tenho que suportar esses meus vícios
que cada vez mais me comprometem
e premetem acabar comigo!!!
me entender? ás vezes nem eu consigo!
a unica coisa que tenho certeza na vida
é que existo e não resisto em ficar sem você!
seu corpo é meu labirinto de prazeres!!!
Apenas conceda me um unico desejo...
que tanto almejo!
afogar-me em seu beijo...
quero embriagar-me em teus braços e,
em um sono profundo, entrar em seu mundo
tomar e emxertar de sua alma
sem medo de uma profunda ressaca de tristeza
quando tiver a certeza que não o terei novamente!
aí calçarei os sapatos apertados da realidade
com todos os seus percalços
depois de sentir-me livre
segura de todos os passos
com os meus pés deliciosamente descalços

Keila Lorrainy


Ilustração - Lorenzo Mattotti

Nenhum comentário:

Salve