Luzes da Cidade

sábado, 10 de julho de 2010

FOLHA

FOLHA

FOLHA
FALHA
SEM ESCOLHA
FARFALHA
E ESPALHA
UM SILENCIO
QUE ATRAPALHA
FOLHA
FOGO DE PALHA
QUE NÃO FOI FLOR
E NEM SERÁ SEMENTE
SOMENTE
UMA CEGA NAVALHA
LUTANDO CONTRA O VENTO
FOLHA
SEM ESCOLHA
QUE CAÍ
DESCE DA ÁRVORE
ENCOSTA NO SOLO
DEITA NA TERRA
E JAZ NA SERRA
DE UMA FORMIGA
FOLHA
QUE FOLHEIA
ALHEIA
O INVISÍVEL ESPAÇO
FOLHA
DESFOLHA
SALTA COMO ROLHA
DE UMA CHAMPANHA
QUE APANHA
A EMOÇÃO DE UM EUFÓRICO MOMENTO
FOLHA AO SABOR DO VENTO
FENECE RESSECADA
PISOTEADA
NA TERRA OU NA CALÇADA
OU AINDA NO ASFALTO QUENTE
NO RASTRO DE UM PNEU AUSENTE


Carlos Gutierrez

Nenhum comentário:

Salve