Luzes da Cidade

sexta-feira, 1 de maio de 2009

CANIVETE SUIÇO


Talvez eu não sirva prá isso
que você necessite agora
para a sua urgência
para o seu desejo fora de hora
para a emergência dos seus olhos
que não sei se brilham ou choram
agora
talvez eu não sirva prá isso
quem sabe eu não sirva mesmo prá nada
nem para abrir uma lata de alguma conserva
não sou como um canivete suiço
multifuncional e preciso
eu sou apenas um quebra galho
ou nem mesmo isso
nem sei se espalho a minha sombra
em seu caminho.

Nenhum comentário:

Salve