Luzes da Cidade

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Étoile


Hoje eu pensei sobre as nossas afinidades Étoile
sem distorcermos nossas extremidades
Amamos as canções de Dylan
sua voz anasalada
sua gaita encantada
que traz ao presente
todos os sons do passado
da velha infância
da atropelada puberdade
Amamos as letras de Dylan
extensas e intensas
seus caminhos e ofensas
contra a Humanidade!
Não sei se as interpretamos da mesma forma
O que vale é que elas no s invadem
e nos faz deixarmos de ser covardes
para enfrentar os dissabores
e as pedras da adversidade
Hoje eu pensei sobre as nossas afinidades Étoile
Gostamos dos filmes franceses
que evocam o amor
e os seus desdobramentos
suas marcas e voragens
Podemos ser suaves e selvagens
na alegria ou na dor
desde que haja em nossas peles
a marca do amor!
Hoje eu pensei em nossas afinidades Étoile
Gostamos da chuva
de nos molharmos até os ossos
e encontrar amigos...
mais um dos nossos...
Gostamos da chuva
do cheiro da terra que se evidencia
da chuva fina que bate nas vidraças
de nossas janelas

Nenhum comentário:

Salve