Luzes da Cidade

domingo, 10 de maio de 2009

Meio Eu

não me sinto mais eu
Eu sinto-me seu
Eu já não sou mais meu
lhe dei a minha metade
por minha vontade
e a outra se perdeu
em seus encantos!
Eu já não sou mais eu
eu sou outro sempre pronto
para ocupar o lugar de um possível adeus
Já sinto me seu
síntoma da sintonia
que nem a desarmonia da geografia
consegue afastar
Eu já não sou mais meu
um lado de mim virou uma antena
outro apenas um muro silencioso
esperando o spray da sua voz
gravar e gritar o meu nome!





Um comentário:

Brunna Duarte disse...

Que belo!

Eu adorei suas palavras, que se tornaram 'meio minhas', ou 'meio eu', também.

Salve