Luzes da Cidade

sábado, 2 de maio de 2009

Palavras Fáceis

Eu gosto das palavras fáceis
de sílabas claras
e tônicas imediatas
simples e naturais
rios riachos e cascatas
eu gosto das palavras exatas
arquitetura estrutura
geometria cálculo harmonia
o olhar ateu de Oscar Niemeyer
o processo a meticulosidade
o projeto o verso o reverso seco de João Cabral de Melo Neto
as pedras de Olinda e
Andaluzia
a composição sensual de Henry Matisse
eu gosto do pássaro que suja a marquise
da loja de superfluos

Um comentário:

Brunna Duarte disse...

Ah, também gosto da simplicidade. Mas a impressão que tenho é que seus olhos são os de quem subiu a escada e agora olha do alto, contemplando; enquanto os meus são os de quem acaba de subir o primeiro degrau e ainda se divide entre o medo de cair e a vontade de continuar subindo. Parabéns, meu grandiosamente simples poeta.

Salve