Luzes da Cidade

domingo, 1 de março de 2015

O Amor e o seus Sabores

o amor tem esse sabor
essa mescla
essa liga
essa chave mestra
ou perdida no molho
o amor tem a doçura do encontro
a magia do encanto
tem o amargor da futura perda
tem o ódio de pensar nessa probabilidade
mas pensa...
e destila rancor
o amor de qualquer forma compensa
deixa a vida mais intensa
mais suportável
quem ama sabe que fica abobado
que acha o seu par
o ser mais lindo e inspirado
faz cafuné e não se importa
se os cabelos da amada
estão lisos ou encaracolados
se ela está no clima
ou em tpm
o amor não teme
confronta
se conforma ou se afronta
quer ser absorvido
sugado
num beijo quente ou frio
num bocejo
ou no mais ardente desejo
dentro do copo vazio
ou da taça espumante
o amor tem esse sabor
tecnicamente sempre é o mesmo
contato contração
salivas ativas
mas sempre se acha diferente
recorre a beijos cinematográficos
indecentes
ou inocentes
o amor tem esse sabor
coqueteleira
chaleira
metabolismo de sentimentos
junção infusão
respeito das ervas dos nervos
de cada um

Carlos Gutierrez

Eu odiava ver as pessoas sofrendo por amor.
Quem já sofreu -acredito que todo mundo- sabe como é.
É uma droga.
Um poço de lembranças doloridas
Desconexo
Sem sentido
Sem definição.
Mas eu sempre tentava fazer as pessoas regarem ele.
Manter ele.
Eu sabia que o amor era uma droga
Mas também era bom.
Fazia bem
Fazia sorrir
Sentir-se vivo.
Ah dormir sorrindo ao lado de quem se gosta é bom
E acredito que muitos pensem assim.
Mas o amor é uma droga
Boa
Ruim
Um paradoxo interminável.
Amanda  Bento




Nenhum comentário:

Salve