Luzes da Cidade

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

REVOLDYLAN


Te lembro mais na madrugada!

Revoada de sonhos!

Paris em chamas!

Luzes trêmulas da insônia!

Procuro no alto da igreja

a confidente coruja

Não fuja dos meus segredos!

Procuro em seus olhos enormes e arregalados

dissolver os meu olhos fatigados

e entorpecidos de medo

molhados de lágrimas

que se congelam em orvalhos.

Abro a cortina vermelha

como quem rápido rasga uma carta de adeus

Cortina vermelha!

que já foi ferro e ideal

sonho de Oscar e saramagos

hoje é apenas o embrulhode um dilema.

Só resta ouvir Dylan

sua voz fanhosa e Dylancerante

só Dylan pode poetizar a revolta!

Nenhum comentário:

Salve