Luzes da Cidade

domingo, 29 de novembro de 2009

O POEMA

O POEMA...STIGA AS PALAVRAS
O POEMA...STURBA VERSOS
O POEMA...RTELA O CÉREBRO
O POEMA...CHUCA O CORAÇÃO
O POEMA...NIVELA O PROJETOR DE NOSSOS FILMES
O POEMA...NIFESTA NOSSOS MEDOS E CIÚMES
O POEMA...NIPULA OS NOSSOS DESEJOS
O POEMA...SSACRA AS PALAVRAS NA BIGORNA DA SÍNTESE
O POEMA...LEÓVOLO
O POEMA...CIO DA TERRA
O POEMA...LEÁVEL
O POEMA...PÕE...E...TIRA
POETIZA


Carlos Gutierrez

Um comentário:

Juliana Carla disse...

Olá Carlos

O poema é o nosso lampejo! Flutuam e depois condensam o tato... Por isso soa vida... Na outra ponta morte! São nuances da pura magia de se viver!

Bjuxxx e xerooo

Salve