Luzes da Cidade

sábado, 29 de maio de 2010

Noite Instantanea

A Lua ferve dentro do meu copo de whisky
feito um sonrisal que borbulha triste
e nao consegue pular as paredes finas de cristal
O meu sangue tambem ferve de desejo
quando se lembra do seu doce e dilascerante beijo
que sugou toda a minha verdade
do seu inesquecivel beijo que nao houve...
mas com voce tudo parece acontecer...
posso sentir a sua lingerie violeta
desvendar os meus carinhos!


Carlos Gutierrez



Nenhum comentário:

Salve