Luzes da Cidade

sexta-feira, 31 de julho de 2009

O que eu posso mudar?

O que eu posso mudar em minha vida, baby
o meu dia medíocre
o cotidiano ordinário
o lugar onde eu moro
a tristeza onde eu me escondo
o que eu posso, baby?
se já nem mesmo respondo
pelos meus próprios atos!
eu posso mudar a disposição dos móveis
namorar as páginas de um livro esquecido
olhar o teu album querido
pela milésima vez
e rasgá-lo em devoção
ou em desejo
o que eu posso mudar, baby
o curso do destino
o discursso entediante da minha vida
a ferida numa superfície ainda virgem
da minha pele
o que eu posso mudar
encolher os meus sonhos
esticar o pesadelo da realidade
o que eu posso mudar, baby?

Nenhum comentário:

Salve