Luzes da Cidade

sábado, 1 de agosto de 2009

É O PULSAR

Você está dentro de mim
Eu sinto dia após dia
(menos o ponto da fragilidade)
Defendo, não isolo
É fato essa invasão
Como o mar que deságua no oceano
Viramos imensidão.

Você bate na minha porta
Deixo entrar não como visitante...
Adentre forte sem querer sair
O livro da minha vida
Agora dedilha as suas linhas.

Respiro profundo pelos cantos
No meio do universo lhe encontro
Estado completo
Ah! Como lhe amo
Até numa fração de segundos.

... Juliana Carla <> Rabisco e rascunho ...

Um comentário:

JuLᶖaƝ@ CArL@ disse...

Muito obrigada pelo carinho... Você mora em meu coração querido amigo... Deus nos uniu pelo nosso dom... Também amo os seus versos... Eles ganham caminhos dantes nunca navegados...
Bjuxxxx

Salve