Luzes da Cidade

sexta-feira, 25 de janeiro de 2008

ESTIMA

Você é e sempre será o meu melhor verso
a minha mais perfeita rima
a minha eterna inspiração
Em sua terna presença
ou em sua ausência
face e reverso
sempre nascerá um poema
dentro do meu coração.
Um sonho quando se realiza não tem preço,
apenas posso pagar com o apreço e a minha devoção.
Um reencontro é mais que um encontro
é um acúmulo de emoções!
Como externar tudo isso numa palavra que seja a justa rima?
Encontrei e para você que não desprezou os meus puros sentimentos
eu digo:
estima...tima...rima...e...sublima.

Um comentário:

Laura disse...

Extremamente delicado,gostoso de ler,possui um ritmo suave;muito bom,gostei muito...ENCANTADA!!!

Salve