Luzes da Cidade

sábado, 12 de janeiro de 2008

Perdidos na Noite

Perdidos na noite estamos...
perdidos no seu fascínio
Perdidos na noite somos
incorrigíveis corujas
estrelas sujas tentando brilhar
no palco das ruas
Perdidos na noite vamos
movidos pela sedução
de um novo caminho
possível amanhecer
Perdidos na noite
sonhando de olhos abertos
No escuro todos os passos são incertos
(há um certo encanto nisso)
e é porisso que mantemos firme
o compromisso com a noite
onde a lua é o único refletor
e o orvalho é a lágrima que o dia
-frustrado ator- derramou .

Nenhum comentário:

Salve