Luzes da Cidade

sábado, 6 de março de 2010

Funny Valentine

É como se você chegasse no meio da noite
em altas horas
em plena madrugada
pela rua embaçada de espêssa neblina
e, sem mais delongas, rasgasse a cortina
que escondem todos os meus medos,
todos os tolos segredos de um incompetente voyeur!
É como se você destilasse em apenas uma música
a chuva de todos os sons de pérolas de um vibrafone
e eu armado apenas do meu já cansado trompete
revelasse todas as mágoas do mundo!
É como você entedesse os meus lamúrios, queixumes e
estendesse o seu lenço de seda para enxugar os meus olhos
e recolher esse cardume de peixes sonhadores...
que moram no meu eu mais profundo..


Carlos Gutierrez



Nenhum comentário:

Salve