Luzes da Cidade

domingo, 7 de março de 2010

Todas as Letras

Quero te provar em cada linha,
em cada palavra, em cada sílaba
o quanto eu te adoro!em cada entrelinha,
em cada palavra não inventada ainda!
tu me faz tão bem: retorna-me à s ilusões perdidas
que estavam flutuando além da própria imaginação
Quero te amar como Caeiro amava a Natureza
e às suas resistentes paisagens,
como Ricardo Reis amava as viagens
com todas as suas intempéries,
como Alvaro de Campos amava descobrir a si mesmo,
unindo os extremos do viver: o absurdo e o divino
a balada e o sino!
o fascínio do teu meigo olhar!


Carlos Gutierrez

Nenhum comentário:

Salve