Luzes da Cidade

sábado, 13 de março de 2010

Namoro as Palavras

Não deturpa o que mais me ocupa
em minha vida sem culpas e desculpas:
o namoro com as palavras
os flertes com os versos flertes diversos
as aventuras gramaticais
no mais são palavras ao vento
fora ou dentro
em seu abrigo
ou ao relento
Eu namoro as palavras!
eu namoro o que eu posso
a imagem que você me transmite
a pedra do sono
ou o estardalhaço da dinamite
e também todo o mistério que você permite
eu tentar desvendar
lavrar as palavras as larvas verbais
sintetizar e me aprofundar
forjar o milagre de desabrochar
a flor que mora em você!


Carlos Gutierrez

Nenhum comentário:

Salve