Luzes da Cidade

sábado, 26 de junho de 2010

Barbear

Estou me barbeando agora...
deslizando a lamina suavemente sobre o meu rosto...
envolto na densa e alva espuma
os poros se libertam
a cada pelo retirado
após cada movimento descendente
e invertidamente escanhoado
aplico uma generosa agua velva...
todo o frescor da selva...
o meu rosto esta azulado
em contraste com o seu maravilhosamente cor de rosa ...
Sinto o frio azul em minha pele
em contraste com o seu rosa choque quente...
derrubo mais agua velva para resfriar...
o seu corpo macio amortece os meus desejos ...
tira o peso do meu medo
e me sinto leve sem remorsos!

Carlos Gutierrez

Nenhum comentário:

Salve