Luzes da Cidade

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Mistura Fina

Misture os nossos rostos
num beijo repentino
empreste a sua língua molhada de gritos
que eu empresto o meu silencio aflito
enxerte a sua voz tagarela
que eu jorro murmúrios
e picho os seus muros
com o spray brilhante de uma declaração
feitas as pressas sem a cal da hesitação
Misture os seus cabelos em minhas tremulas mãos
quem sabe eu descubra o poder de um carinho
Misture a sua multidão
na minha solidão


Triture os nossos ossos
num abraço estranho e forte
e torne os nossos corpos macios
vazios de preconceitos
e cheios de desejos
Misture os nossos copos
as nossas taças
misture o champagne do seu encanto
em meu vinho seco que sonha doce
Misture a sua surpresa
ao que eu nem sei o que trouxe...
misture...misture...
e depure...


Mistura Fina
grãos de areia do meu deserto
em seu oásis descoberto


Carlos Gutierrez

Um comentário:

Mr.Orange disse...

Adorei os textos de seu blog.Quando puder, entre e deixe um comentário.
http://queletra.blogspot.com/
Gostaria de fazer parceria??
Valew e parabéns pelo trabalho.

Salve